Fechar

Pesquisa de clima organizacional: 5 perguntas necessárias

Avatar

Por Elisa Renault em 25 de dezembro 2019
E-NPS - Pesquisa de Clima

Tempo de leitura: 4 minutos

“Você está satisfeito com o seu trabalho?”.  É comum que muitas pessoas acreditem que, para as empresas, a resposta para essa questão não importa. Mas, para aqueles negócios que contratam um serviço de pesquisa de clima organizacional, é sabido que este retorno é essencial para o sucesso.

A pesquisa de clima organizacional faz parte da carta de serviços de uma consultoria de Recursos Humanos, e é uma excelente ferramenta geradora de dados concretos sobre o nível de satisfação dos colaboradores.

A partir dos resultados obtidos, os gestores passam a ter respaldo para tomar decisões em benefício do seu quadro de funcionários e, certamente, da empresa como um todo. Mas o que perguntar? Como aproveitar este serviço em sua totalidade? E qual a finalidade de investir na Experiência do Colaborador?

Fato é que o formulário varia de acordo com a cultura organizacional e a natureza do negócio, é claro. Mas algumas perguntas são básicas. Confira todas elas a seguir e passe a trabalhar a experiência de seus empregados de forma mais empática e zelosa. 

Por que aplicar uma pesquisa de clima organizacional?

A melhor maneira de criar um sentimento de cuidado genuíno com seus clientes é desenvolver a mesma sensação de zelo e empatia na relação dos funcionários com a sua empresa. A Experiência do Colaborador, ou Employee Experience, é um conceito que deve ser levado em consideração pelas empresas que realmente desejam obter êxito nos negócios. 

Saiba que os seus clientes externos podem sentir claramente quando os funcionários realmente se preocupam com eles como um indivíduo — e, também, conseguem notar quando eles estão insatisfeitos, principalmente se os gargalos da empresa estão muito visíveis. 

A qualidade do serviço que seus colaboradores fornecem externamente é um reflexo do que eles passam internamente, trabalhando no negócio. Esses fatores são interdependentes.

Ao aplicar uma pesquisa de clima organizacional, você conseguirá entender de forma efetiva a percepção daqueles que estão em sua equipe e, assim, poderá desenvolver planos de ação para aumentar a satisfação deles e, consequentemente, melhorar a experiência de seu público a partir de boas práticas de atendimento, felicidade e motivação.

Quais as perguntas necessárias na pesquisa de clima organizacional?

1. “O quanto você recomendaria a empresa como um bom local de trabalho?”

Essa é a questão chamada de “pergunta definitiva” da metodologia Net Promoter Score, ou NPS. Geralmente, ela é conhecida por sua aplicação na relação de empresas com consumidores. No entanto, pode facilmente ser usada para a relação da empresas com seus colaboradores — que são, afinal, clientes internos. 

Essa estratégia é conhecida como eNPS (employee Net Promoter Score). Mas por que usar esta pergunta? 

É certo que a resposta quanto ao ambiente de trabalho é a principal de toda e qualquer pesquisa de clima organizacional. É nela que os funcionários podem explanar quais os fatores que geram incômodo no dia-a-dia e que, normalmente, passam despercebidos pelos cargos mais altos. 

A insatisfação pode surgir, até mesmo, de itens julgados como triviais — como falta de ar-condicionado ou micro-ondas. Também pode partir de relações pessoais: chefe rude, conversas excessivas ou colaboradores com má educação.

Fato é que todos esses pontos podem ser motivos para que os colaboradores recomendem o negócio ou não para outra pessoa trabalhar. E, com esta pergunta, você saberá quais são os que estão na iminência de uma demissão e aqueles que são verdadeiros fãs da empresa.

2. “De maneira geral, você se sente motivado?”

Você pode usar outras perguntas atreladas à pergunta definitiva do eNPS para se aprofundar ainda mais em sua pesquisa de clima organizacional.

A falta de motivação é um dos motivos que mais leva funcionários a pedirem demissão das empresas, simplesmente porque a maioria das pessoas não se sente feliz e/ou realizada se está estagnada. 

Por isso, entender se seus colaboradores se sentem motivados no ambiente que lhes é proporcionado é importante — principalmente levando em consideração os comentários que podem surgir a partir dessa pergunta. 

3. “Sua liderança é acessível?”

Se a comunicação entre os colaboradores e suas respectivas lideranças realmente fluísse dentro da empresa, é bem possível que uma pesquisa de clima organizacional fosse dispensável. Afinal, este formulário de pergunta nada mais é do que um substituto do diálogo construtivo entre a empresa e os funcionários. 

Um cenário ideal seria aquele em que a comunicação com a alta gestão do negócio seja aberta e acessível, ou seja, em que o empregado tanto ouve quanto é ouvido pelos superiores — sem medo de represálias, constrangimentos, humilhações etc.

Mas, como isso nem sempre é palpável, não deixe de incluir esta pergunta. 

4. “Você possui tarefas bem delegadas?”

Por receios em relação às reações dos superiores, alguns funcionários costumam evitar reclamar de eventuais falhas dos chefes diretos, o que geralmente leva à ilusão de que está tudo bem. 

Assim, a pesquisa de clima organizacional é eficaz ao detectar essa insatisfação quanto e levar essas críticas ao conhecimento dos gestores.

Centralização ou descentralização de tarefas, falta de contexto e orientações e outros pontos relativos à delegação de tarefas aos colaboradores por parte da liderança são, também, questões comuns em uma série de empresas — e que podem estar afetando diretamente a sua equipe. 

5. “Existe investimento em seu aprendizado?”

O investimento no aprendizado também está relacionado à motivação do funcionário. A percepção de que a empresa está interessada em desenvolvê-lo e tornar seu trabalho cada vez melhor é de grande importância para que ele sinta que a experiência fornecida a ele por parte do negócio está sendo positiva. 

Organizações que acreditam e confiam em seus colaboradores a ponto de oferecer assistência à educação ou mesmo auxílio de custo em cursos são empreendimentos que saem na frente, inclusive, em termos de Experiência do Cliente

E como aplicar uma pesquisa de clima organizacional?

Agora que você já ficou por dentro de algumas das perguntas fundamentais para a otimização de seu formulário de pesquisa, vamos te passar algumas boas práticas para a aplicação. 

Primeiramente, saiba que é essencial garantir a confidencialidade de todos os dados apresentados. Se os funcionários desconfiarem do sigilo, provavelmente não serão totalmente honestos ou, ainda, sequer responderão — o que inviabiliza toda a pesquisa e seus objetivos.

Outra movimentação extremamente importante é automatizar a pesquisa para obter resultados precisos e sem enviesamento, com gráficos e estatísticas de fácil compreensão. 

Afinal, objetivo da coleta de dados não é delatar algum colaborador ou liderança, mas sim oferecer amparo para que o gestor elimine quaisquer entraves para a produtividade de toda a equipe — e, consequentemente, para melhor fornecimento de atendimento e serviços ao público externo.

Ainda, recomendamos que você terceirize o processo de aplicação da pesquisa, e não use um aplicativo ou sistema desenvolvido internamente para tal. Leia mais sobre essa questão por aqui. 

E aí, quer saber mais sobre Experiência do Colaborador e pesquisas de satisfação de forma geral? Fale com os nossos especialistas! Acesse o nosso site ou entre em contato no e-mail hello@tracksale.co. Também estamos disponíveis por telefone: 0800 025 8972.

Tudo sobre Experiência do Consumidor, métricas, pesquisa de satisfação e sobre as tecnologias mais inovadoras de CX.



Artigos relacionados

Qual a diferença entre pesquisa de satisfação e…

25 de dezembro 2019 Pesquisa de Satisfação

Porque E-mails valem mais do que Endereços, Telefones…

25 de dezembro 2019 Pesquisa de Satisfação

Quando enviar pesquisas? Confira as melhores práticas!

25 de dezembro 2019 Pesquisa de Satisfação